mantenha-se atualizado

Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!


Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!

Como escolher a palavra-chave para ser encontrado no Google

na categoria Marketing Digital 0 comentários
escolher a palavra-chave

Palavra-chave é a principal palavra ou pequena frase que descreve o tema do seu texto ou página. É aquele termo que as pessoas irão digitar nos motores de busca para encontrar a  resposta para alguma dúvida ou procurar algo específico. Elas são essenciais na criação de uma estratégia de SEO. Por isso, saber como escolher a palavra-chave certa pode ser a diferença entre o sucesso da sua estratégia de marketing digital ou o fracasso dela.

Isso porque as visitas orgânicas, ou seja, as buscas nas ferramentas como o Google, Yahoo e Bing, são a maior fonte de tráfego da maioria dos sites. E estar nas primeiras posições da página de resultados é aumentar a chance de receber aquele clique, afinal, 80% das pessoas se concentram na primeira página de resultados. Claro que dentro de uma estratégia de SEO muitos outros critérios entram em jogo, mas a palavra-chave certamente é um dos mais importantes.

Como escolher a palavra-chave certa para o meu negócio

Antes de escolher qualquer palavra-chave você deve levar em consideração quatro fatores importantes: a persona da sua empresa, a jornada de compra, o volume de buscas e a relevância para o negócio.

  1. Persona: as palavras-chave dos seus conteúdos devem estar adequadas às necessidades da persona da sua empresa. Pense sempre se aquela palavra ou termo realmente estaria na busca da sua persona, se ela iria resolver alguma dúvida ou dor dela. Uma persona que busca conteúdo sobre marketing digital não iria buscar “software de gestão financeira”, certo?
  2. Jornada de compra: dependendo do estágio na jornada de compra, o leitor irá buscar de uma maneira diferente determinado termo ou expressão. Por exemplo, ainda na fase de aprendizagem a busca pode ser feita por “tênis de corrida”. Já de consideração da solução pode ser “benefícios do tênis de corrida da marca X”. Os primeiros estágios tendem a concentrar palavras-chave mais abrangentes de conceitos, dicas e definições. Já os últimos focam em termos mais específicos (cauda longa), vantagens, cases ou até opiniões.
  3. Volume de buscas: antes de dispor tempo e dinheiro para a criação de um conteúdo, é importante garantir que esse tema realmente tem sido procurado nos motores de busca. Você pode verificar isso no Keyword Planner ou no Keyword Tool, por exemplo.
  4. Relevância para o negócio: o quanto essa palavra-chave realmente trata sobre algo que você pode oferecer para o seu cliente ou que tenha relação com o negócio da sua empresa? De nada adianta aumentar muito o tráfego orgânico se os visitantes não irão se identificar com o seu conteúdo. Eles irão apenas aumentar a taxa de rejeição do seu site. É melhor buscar visitantes mais qualificados nesses casos.

Palavras-chave de cauda curta x cauda longa

As palavras-chave de cauda curta, ou head tail, são aquelas de uma ou duas palavras que representam normalmente um segmento inteiro, são genéricas, sem detalhamento. Por exemplo: roupa feminina, software de marketing, delivery em São Paulo. Elas possuem os maiores volumes de busca. Ou seja, são nessas que você deve focar, certo?

Errado.

Exatamente por serem muito abrangentes, elas são muito disputadas por diversas empresas do mesmo segmento e mais difíceis de conseguir um bom posicionamento. A concorrência é muito grande. Além disso, elas não trazem visitantes qualificados.

Já as palavras-chave de cauda longa, ou long-tail keywords, são formadas por três ou mais palavras que criam uma frase pequena. Elas correspondem a uma busca mais personalizada e focada, o que normalmente é gerada por um visitante qualificado. Tem uma concorrência menor pelo posicionamento e, por isso, é possível ver resultados em pouco tempo de trabalho.

Esse termo foi cunhado por Chris Anderson, que afirma que as compras e acessos a conteúdos de nichos específicos podem ultrapassar a quantidade de procura por itens genéricos e mais famosos.

Conheça as ferramentas que ajudam a escolher a palavra-chave

Keyword Planner

Ferramenta do Google que faz parte do Adwords, plataforma para gestão de anúncios. Nela é possível avaliar o volume de busca de uma palavra-chave e receber sugestão de outras palavras-chave semelhantes à que você procurou. Os dados podem ser exportados em planilha. A ferramenta é gratuita.

Übersuggest

Essa plataforma é ideal para obter dicas de sugestões de outras palavras-chave. Ao digitar um termo, ele indica outras possibilidades relacionadas a ela. Você pode restringir a sua pesquisa por idioma e mídia (vídeo, foto, texto). A ferramenta é gratuita.

Google Trends

O Google Trends é um excelente meio no qual você pode buscar dicas de temas que estão sendo procurados nas ferramentas. Você pode filtrar os termos por região, idioma ou período de tempo, comparar o volume de busca e ver a sazonalidade de alguns termos. Essa ferramenta também é gratuita.  

Keywordtool.io

Essa plataforma sugere palavras-chave de cauda longa baseado em um termo que você inserir. Ela analisa o autocompletar do Google, aquela ferramenta que mostra sugestões de temas enquanto você ainda está digitando. Para análise de volume de busca, CPC e informações de preço de palavra, é necessário contratar a versão paga.

Semrush

O Semrush oferece um relatório de tendências de buscas que podem ser utilizadas como base para palavras-chave. Ela também te oferece informações de mercado interessante. Por exemplo, é possível ver quais sites aparecem nos resultados do Google para uma determinada palavra-chave, quais foram as palavras que mais converteram, a sua posição com uma palavra-chave específica e a de seus concorrentes.

 

Deixe um comentário

mantenha-se atualizado

Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!


Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!