mantenha-se atualizado

Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!


Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!

5 lições de inovação de Hitendra Patel

na categoria Inovação 0 comentários
inovação

Inovação é um assunto que está cada vez mais presente entre as preocupações de gestores, diretores e tomadores de decisão nas empresas. A máxima é que para perpetuar seu negócio em um cenário em que mudança é uma constante é preciso inovar. Mas a dúvida da maioria das pessoas é: como fazer?

Não existe receita de bolo que se possa aplicar a todas as empresas, mas alguns caminhos podem facilitar a cultura de inovação em seu negócio. Foi sobre esse tema que o conferencista internacional Hitendra Patel, líder de inovação da consultoria IXL Center, falou em uma palestra realizada na Acate, com apresentação da Acafe, promoção da Exxas Business, e apoio da Tekoa Estratégia e Serviços Digitais e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Santa Catarina.

Separamos 5 lições que Patel destacou como caminhos para inovar nas empresas:

1 – Quanto mais pontos, maior a inovação

“Inovação é como você pega diferentes ideias e as relaciona de formas diferentes.” Para explicar seu raciocínio de maneira bem didática, Patel usou a geometria como metáfora. Se você possui três pontos, obterá poucas formas ao ligá-los, um triângulo ou uma linha reta, por exemplo. Se você tiver quatro pontos, poderá fazer um quadrado, um retângulo e linhas em diferentes formatos.

Ou seja, quanto mais pontos você tiver, maiores serão as suas possibilidades de ligação e, consequentemente, de inovação. Para aumentar seus pontos, segundo ele, você deve conversar com pessoas, especialmente aquelas de áreas diferentes da sua, que agreguem novos conhecimentos.

2 – Conectar os pontos de maneira diferente

Depois de aumentar seus pontos, o conferencista destacou que para chegar à inovação é preciso ligá-los de maneira diferente da maioria. Se você tem quatro pontos, a primeira forma que pensa deve ser um quadrado ou um retângulo. Para o conferencista, o ideal é que se faça um exercício, pensando em como poderia uni-los de outras maneiras.

Patel explicou que a maioria das pessoas, uma vez tendo ligado os pontos e encontrado uma solução para um problema, não busca modos diferentes de resolvê-lo. E a inovação, de acordo com ele, vem das novas ligações. “O grande empreendedor liga e religa até achar maneiras diferentes.”

3 – Plantar hoje para colher amanhã

A maioria das empresas só pensa em fazer inovação de fato quando encontra algum problema que ainda não tem solução. Mas o que você faz hoje, daqui a dois ou três anos já estará velho, diz Patel. Portanto, é preciso começar a pensar e investir em inovação hoje, para colher os frutos quando o problema surgir, e não esperar que ele bata à sua porta, quando talvez não haja mais tempo.

Inovação leva tempo, não se realiza de um dia para o outro. É preciso cultivar a sua semente até que a árvore cresça.

4 – A colaboração acelera a inovação

Patel destacou que muitas vezes outra empresa pode ter a solução de um problema que você está procurando, da mesma forma que você pode ter a solução para algo que essa mesma empresa ainda não conseguiu resolver. Por isso compartilhar os problemas é uma ótima forma de acelerar a inovação.

O palestrante citou como exemplo um projeto do qual participou na Colômbia, em que 40 empresas de diferentes setores se reuniam para discutir seus problemas. Patel lembrou também, que muitas pessoas têm receio de compartilhar suas ideias, porque outras poderiam copiá-las. Nesse sentido, a resposta do palestrante foi bastante simples:

“Se você compartilha uma ideia e alguém copia muito rápido, provavelmente era uma ideia ruim, porque foi fácil colocá-la em prática.” Sendo assim, segundo ele, não tenha medo de compartilhar, mas, ao contrário, divulgue suas ideias e recrute pessoas para ajudar a executá-la.

5 – O caminho para o sucesso não é uma linha reta

Você teve uma grande ideia, ligou os pontos, pensou de maneira inovadora e chegou a hora de botar a mão na massa. Afinal, será a execução da ideia que trará o retorno financeiro. Mas a principal questão é: entre ter uma ideia e alcançar o retorno financeiro, o caminho é longo, e não é uma linha reta! É uma estrada com muitas voltas, tal como o gráfico da foto.

inovação

Patel frisou que sempre iremos encontrar muitas barreiras no caminho, momentos em que será necessário desviar por atalhos, outras vezes perceber que aquela não era a direção certa, buscar outro caminho, fazer várias voltas. Mas tudo faz parte da aprendizagem.

“É preciso se preparar mentalmente para essa viagem, porque a maioria desiste no primeiro obstáculo. Quando você tem uma ideia, não sabe o que vai encontrar pela frente para colocá-la em prática, e os que vierem depois de você seguirão seus passos no caminho que você trilhou.”

Por fim, além das cinco lições, o palestrante resumiu a inovação em três “P”: paixão, persistência e paciência. Esses são os ingredientes fundamentais para alcançar o sucesso em seus negócios. Siga em frente e não desista!

cta-infografico-marketing-digital-como-uma-partida-de-xadrez

Deixe um comentário

mantenha-se atualizado

Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!


Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!