mantenha-se atualizado

Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!


Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!

Presença digital para pequenos negócios: a importância de investir na web

na categoria Marketing Digital 0 comentários
Presença digital para pequenos negócios

Ter ou não um site já não é mais uma discussão entre empresários que querem ver seus negócios prosperar. Tanto é que hoje se fala em presença digital – uma combinação de ações e canais online para ser encontrado por clientes e ferramentas de busca e fidelizá-los. E pensar nessa presença digital é ainda mais importante para micro e pequenos negócios.

Enquanto empresas de grande porte têm capital para investir pesado em publicidade e frisar sua marca com o poder da repetição, micro e pequenos empresários normalmente não têm essa possibilidade. O custo de cada operação costuma se tornar um funil em que pouco pode ser concretizado.

A presença digital para pequenos negócios se baseia em diversos canais online (site bem construído, SEO para buscadores como Google e Bing, mídias sociais, e-mail marketing, blog) e que tem quatro pilares de enfoque: conteúdo, engajamento, plataforma e branding. Todos esses elementos devem estar em sintonia e trabalhando de forma convergente dentro de um grande plano de marketing para que os negócios tenham sucesso dentro e fora da internet.

Por que investir na presença digital para pequenos negócios é importante?

– Diferencial competitivo

Apesar de a necessidade de se ter uma presença digital já seja algo sabido, uma pesquisa realizada pelo Sebrae no final de 2014 trouxe dados alarmantes em relação aos negócios brasileiros. Apenas 42% dos empresários entrevistados usavam a internet como plataforma de divulgação do seu negócio. Já um estudo da MIT Digital Center em parceria com a Capgemini mostra empresas que têm maturidade online conseguem um lucro em média 26% maior do que seus concorrentes ainda analógicos. Essa lacuna é uma ótima oportunidade, especialmente para pequenas empresas ganharem espaço e deslancharem seus negócios.

– Abrangência de atuação

Diferentemente do meio físico, na internet é possível destruir barreiras e distâncias e ter literalmente o mundo todo como um possível cliente. Uma loja do interior de São Paulo pode vender tapetes para as cidades próximas ou até para Buenos Aires, se preferir. Tudo isso sem acréscimos no custo de produção e de divulgação.

– Credibilidade com um novo tipo de consumidor

Os novos consumidores buscam informações na internet sempre que têm uma dúvida ou querem se informar melhor sobre uma compra futura. Para você ter ideia, levantamentos do Google mostram que 69% das pessoas interrompem uma conversa para fazer uma pesquisa na plataforma sobre algo que foi comentado ao vivo. Além de informação especializada e relevante, esses consumidores buscam respostas rápidas, contato personalizado e uma boa experiência com a sua marca. Fornecer tudo isso através de uma presença digital sólida é grande parte de toda a maratona de fidelização de um cliente.

– Escalabilidade de vendas e aquisição de clientes

Os esforços empreendidos no mundo digital são muito mais perenes do que os no offline. Todos os posts de blogs, relevância no Google, fãs conquistados nas redes sociais e nomes em sua lista de mailing seguirão com você mesmo que você pare de atualizá-las por algumas semanas. O mesmo não se pode dizer de uma publicidade tradicional, na qual o corte de investimento também se reflete na diminuição de novos clientes naquele período.

– Custos mais baixos do que garantir presença nos meios tradicionais

A questão de custos é especialmente delicada para pequenas empresas, que não têm grandes fundos de investimento para buscar recursos e implantar uma nova solução. E essa é uma boa notícia em relação ao digital: os custos de publicidade, divulgação e relacionamento neste meio são significativamente mais baratos do que nos meios tradicionais.

Primeiros passos para trabalhar a presença digital para pequenos negócios

Antes de iniciar um plano de marketing e avaliar as melhorias possíveis na presença digital da sua empresa é imprescindível observar e garantir que alguns pontos estejam bem estudados:

– Quem é seu público? Muito se fala da falta de fronteiras da internet, mas tentar abraçar mundo todo não é eficaz em um ambiente com mais 3 bilhões de usuários. Especialmente no mundo de bits é fundamental saber com precisão para quem se está falando e como essa pessoa gosta de se relacionar com as empresas que contrata para fornecer serviços ou produtos.

– Em quais locais ele está? Esse seu público-alvo se relaciona prioritariamente por e-mail ou por meio das mídias sociais? Em quais canais exatamente ele interage com mais frequência? Faz sentido se comunicar com vídeos ou apenas por meio de textos? Entender a maneira como seus clientes gostam de se comunicar é a chave para ser encontrado com mais facilidade e promover o engajamento com o seu conteúdo.

– Você está presente nestes locais? Como? Suas páginas nestas redes sociais já existem? Elas estão atualizadas com qual frequência? O que você precisaria criar? É possível?

– Qual a disposição de tempo e dinheiro você teria para fazer esse investimento? Essa resposta será especialmente importante para avaliar se você tem de iniciar os trabalhos sozinho, se pode contratar uma agência de marketing digital ou se treinar funcionários internamente para esta tarefa é a melhor opção.

Deixe um comentário

mantenha-se atualizado

Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!


Cadastre seu email para receber insights sobre estratégias digitais. Prometemos não enviar spam!