Business Intelligence na visão do nosso Head de BI e como ela pode salvar negócios

|

Business Intelligence na visão do nosso Head de BI e como ela pode salvar negócios

Business Intelligence, também conhecido como Inteligência de Negócios, era vista no passado como uma atividade complexa, desenvolvida exclusivamente pelos profissionais de Tecnologia da Informação.

Hoje já nota-se um movimento diferente, com a evolução da era da informação, as empresas estão cada vez mais preocupadas com a coleta e a gestão estratégica de seus dados, sempre visando melhorar seus produtos, serviços e a experiência de compra de seus clientes e, lógico, sua receita.

Vemos este conceito de BI crescendo cada vez mais entre as áreas das empresas, essas ferramentas e metodologias, ajudam a gerar relatórios rápidos, dashboard visualmente interativos, além de ajudar a entender o que está acontecendo na empresa e o porquê.

Afinal, os dados estão e precisam estar em toda parte. No telefone, no site, no e-mail, nas redes sociais e em todas as áreas da empresa. É um fato: estamos vivendo em um mundo repleto de dados. Por isso, não faz sentido reter as informações em apenas uma área da empresa. É de extrema importância que os setores entendam quais dados são estratégicos e como podem ajudar na sua operação, seja para vender mais ou melhorar um serviço.

No entanto, não são os dados em si que realmente importam, e sim o valor que se extrai a partir deles. É aí que entra o Business Intelligence.

E esse cenário fica cada vez mais evidente quando percebemos o início de uma crise com grandes proporções como a que estamos presenciando com a proliferação do COVID-19, o novo coronavírus, que terá efeitos tanto na saúde quanto na economia.

Embora os economistas digam que ainda é muito cedo para medir o tamanho do dano econômico, eles têm certeza de que será grande. Por isso, utilizar o Business Intelligence, será um grande aliado para reverter os danos e prejuízos causados.

Mas você sabe o que é Business Intelligence e qual a sua importância para as empresas? O que é possível fazer a partir dos dados que o BI fornece? Como será a evolução da Inteligência de Negócios nos próximos cinco anos? É o que vamos falar no texto de hoje.

Para isso, pedimos a ajuda do nosso especialista e Head de BI aqui da Tekoa, Antonio Andrade, que vai contar tudo pra você. Confira!

 

Definição de Business Intelligence (BI)

 

Business Intelligence (BI) utiliza software e serviços para transformar dados em insights acionáveis ​​com acesso rápido e fácil, ajudando na tomada de decisões estratégicas e táticas de uma empresa.

Para o nosso Head de Business Intelligence, Antonio Andrade, além das ferramentas de BI acessarem, analisarem conjuntos de dados e apresentarem descobertas analíticas em relatórios, resumos, painéis, gráficos, tabelas e mapas, elas fornecem aos usuários informações detalhadas sobre o estado dos negócios. O mais importante é entender o por quê das vendas caírem ou aumentarem. O BI te leva para além das hipóteses.

head de bi

Para ele, o Business Intelligence vai muito além da coleta e armazenamento de dados. O BI é um conceito que não envolve apenas softwares, e sim, entender como funciona internamente a operação da empresa. Envolve a metodologia, ferramenta e pessoas.

Confira também: 10 curiosidades do Google sobre o consumidor na internet.

 

Como o Business Intelligence pode ajudar as empresas a aumentar seus lucros

 

Atualmente, existem muitas ferramentas de BI no mercado, desde as mais complexas – como, por exemplo, as ferramentas de engenharia de dados, que são aquelas que precisamos transformar, e organizar os dados – até as ferramentas autoservice que possibilitam que qualquer pessoa crie relatórios e dashboards visualmente acessíveis.

Essas ferramentas possibilitam análises mais robustas ou análises mais simples, dependendo do objetivo ou do entendimento técnico do uso. E quais os benefícios disso?

Para Antonio Andrade, ao mostrar dados atuais e históricos, o Business Intelligence pode ajudar as empresas a tomar melhores decisões. Os analistas podem aproveitar o BI para fornecer benchmarks de desempenho e concorrentes, tornando a organização mais eficiente. Além de poder ter mais previsibilidade das operações e análises, muitas das vezes, em tempo real.

Com o BI o ganho não se resume apenas em melhorar suas vendas, mas também em identificar problemas operacionais, gargalos de operação ou logística e outros problemas que seus dados podem apontar. Além disso, juntando os dados de diferentes áreas, como por exemplo marketing e vendas, pode ser encontrado tendências de consumo ou mercado.

Leia também: Como estruturar a área comercial da sua empresa.

Para ele, a empresa começa a aumentar seus lucros quando constrói uma arquitetura confiável dos dados, seguindo as regras de negócio da empresa, organizando de forma correta os dados, aumentando a visibilidade do que ocorre na operação, criando maior confiabilidade e tomadas de decisão mais rápidas e eficazes.

Entre as chaves para o sucesso dos dashboards e interfaces do Business Intelligence estão gráficos intuitivos, que permitem que os usuários encontrem e transformem dados em resultados concretos.

As visualizações compiladas nos painéis podem fornecer rapidamente tendências ou padrões que podem não ser descobertos facilmente ao analisar manualmente os dados brutos, como por exemplo, em planilhas de Excel. Essa acessibilidade também permite amplas conversas sobre os dados entre as áreas, possibilitando uma maior troca de conhecimento em busca de estratégias.

Descubra: Como aumentamos 169% o crescimento em vendas com marketing digital da Audaces.

É importante lembrar que a tomada de decisão tem que ser baseada em fatos reais e que a empresa só vai conseguir melhorar os seus lucros, quando tiver acesso à visão completa da jornada da operação, de ponta a ponta.

 

Dados transformados em resultados

 

De acordo com o glossário de TI da Gartner, o Business Intelligence é composto por soluções, modelos e simulações de análise que permitem a criação de cenários para entender o histórico e criar embasamento para tomadas de decisões que impactam em operações futuras. Em resumo, as empresas conduzem as análises de negócio como parte de sua estratégia para obter maior inteligência e assertividade em ações.

Antonio Andrade afirma que o BI ajuda a responder consultas específicas e fornecer uma análise rápida para decisões ou planejamento. Esses dados geralmente vêm com conteúdo pré-construído do setor, direcionado a um processo ou uma dor existente. Por isso, é possível criar padrões de dashboards e relatórios que garantam resultados consistentes e que gerem insights significativos e rápidos.

No entanto, as empresas podem usar os processos de análise para melhorar continuamente as perguntas e a iteração de acompanhamento.

Leia também: Como melhorar a performance em vendas online.

Inteligência de negócio, vai muito além da coleta, tratamento, organização e visualização dos dados. É gestão estratégica da empresa.

A verdade é que, utilizados de maneira eficaz, os dados podem ajudar em qualquer área da empresa, desde análise de conformidade das operações a esforços de contratação.

 

O nosso dia a dia de BI na Tekoa

 

Antonio Andrade, conta que aqui na Tekoa, vamos muito além da coleta de dados e criação de dashboards. Por termos a flexibilidade de trabalhar com diversas fontes de dados, somos especialistas em análises complexas e transformação de dados para melhor visibilidade.

Afinal, para conduzir decisões confiáveis ​​em seus negócios, você precisa de uma solução de BI que forneça um ambiente flexível e com fácil gerenciamento.

Conseguimos utilizar diversas ferramentas para fazer com que o dado gerado, possa resultar em insights efetivos. “Na Tekoa, nós arquitetamos, organizamos os dados, e transformamos em um fluxo de informação estratégico, de forma que seja fácil extrair análises dessas informações”, conta Antonio.

Oferece o ideal para seu negócio: a garantia de uma solução corporativa com relatórios profissionais, oferecendo agilidade suficiente para que os usuários tenham as respostas que precisam por conta própria, eliminando as incertezas na tomada de decisões.

 

Como será a evolução do Business Intelligence para os próximos cinco anos

 

De acordo com um estudo recente da TDWI, apenas 11% dos empresários entrevistados afirmaram que estão muito satisfeitos com os investimentos de suas empresas em projetos de dados e análises, para atingir metas estratégicas que permitam a tomada de decisões orientada a dados ou a inteligência acionável do cliente.

A pesquisa também mostrou que as planilhas continuam sendo o método preferido para análises e 89% dos entrevistados afirmam que inserem dados em planilhas para análise, mas 81% se preocupam com a qualidade e consistência dos dados ao usar esses arquivos.

Tudo isso mostra que é possível buscarmos por melhorias neste cenário. E, consequentemente, como ainda há muito espaço para vantagem competitiva no mercado.

Para o nosso Head de Business Intelligence, as ferramentas vão usar cada vez mais o aprendizado de máquina para automatizar tarefas que, muitas das vezes, hoje são complexas.

Leia também: Como automatizar a jornada de compra e melhorar sua performance.

O Business Intelligence está evoluindo continuamente de acordo com as necessidades e a tecnologia da empresa. Portanto, a cada ano, identificamos as tendências atuais para manter os usuários atualizados sobre as inovações.

Se você olhar para os últimos 5 anos, vai notar como tivemos um avanço gigantesco de ferramentas. Para os próximos 5, o cenário não será diferente. “Acredito que vamos ver muitas novas ferramentas para atender diferentes áreas da empresa, como comercial, financeiro e marketing”, conta Antonio.

Perceba que a Inteligência Artificial e o aprendizado de máquina continuarão a crescer. As empresas poderão integrar os insights da IA ​​a uma estratégia de BI mais ampla. À medida que as empresas se esforçam para ser mais orientadas a dados, os esforços para compartilhar dados e colaborar aumentam e a visualização de dados será ainda mais essencial para trabalhar em conjunto entre equipes e departamentos.

As ferramentas serão cada vez mais intuitivas e acessíveis para todos os níveis de mercado. Em contrapartida, a utilização também será mais simples.

 

A sua empresa está preparada para usar Business Intelligence

 

O Business Intelligence (BI) combina coleta de dados, armazenamento, análise, visualização, ferramentas e melhores práticas para ajudar as empresas a tomar decisões orientadas a dados e otimizar o desempenho das operações.

Tudo isso resulta em uma visão abrangente de como atingir as metas da empresa ou de determinadas áreas.

Na prática, você sabe que possui decisões modernas e assertivas quando tem uma visão abrangente dos dados da sua organização e os usa para gerar mudanças, eliminar ineficiências e adaptar-se rapidamente às mudanças no mercado.

Este artigo é apenas uma introdução ao mundo da inteligência de negócios. O Business Intelligence oferece recursos para rastreamento de vendas quase em tempo real, além de permitir que os usuários descubram insights sobre o comportamento do cliente, prevejam lucros e muito mais.

As plataformas de BI se adaptam às novas tecnologias e à inovação de seus usuários. Diversos setores como varejo, seguros e petróleo adotaram o BI e você? Quer saber mais como a Tekoa pode ajudar a sua empresa a tirar melhor proveito do Business Intelligence? Entre em contato com nossos especialistas através deste link!

Aproveite para ler também por que a tecnologia e inovação vão alavancar suas vendas e comente esse post!

 

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos