Blog: como escrever um post de sucesso

|

Blog: como escrever um post de sucesso

Os blogs começaram a se tornar febre em meados dos anos 2000, mas ainda em um caráter de diário pessoal na internet. Pela facilidade em criar e compartilhar conteúdo, diversas plataformas gratuitas surgiram em pouco tempo como o Blogspot, WordPress e Joomla e ajudaram a criar os mais de 400 milhões de blogs existentes atualmente. 

Na última década os blogs deixaram de ser quase que exclusivamente pessoais e se inseriram no cotidiano e no vocabulário do empresariado por meio das estratégias de inbound marketing. Mas você sabe o que é um blog corporativo e para que ele serve? Neste post vamos auxiliar você a escrever um post de sucesso para o blog da sua empresa. Seguindo essas dicas você verá seu post ser lido, compreendido e compartilhado.

 

Peculiaridades do blog corporativo

 

O blog corporativo é uma página incorporada ao site principal de uma empresa que é atualizado mais facilmente e pode ser feito por diversas pessoas de setores diferentes. Ele é associado a um Content Managment System (CMS), ou sistema de gerenciamento de conteúdo, que funciona como um criador de páginas e links, e torna todo esse conteúdo navegável. O WordPress é o CMS mais utilizado no mundo, inclusive estima-se que 53% dos blogs na rede estejam nessa plataforma. 


Por que investir em um blog corporativo?

 

Gerar conteúdo por meio de um blog é uma maneira simples de trabalhar a presença digital e o branding da marca ao entregar informações realmente educativas e que interessam ao leitor. Por consequência, ele ajuda a melhorar o posicionamento nas ferramentas de buscas, o que cria mais tráfego orgânico para o seu site. 

No entanto, nessa estratégia, o blog só tem “corporativo” no nome. Para atrair visitantes e se tornar referência no setor é preciso falar sobre muito mais do que apenas a empresa. Abordar temas do mercado em geral e assuntos que interessem as diferentes etapas da jornada de compra da persona da sua empresa são fundamentais. 

Ele também é uma poderosa ferramenta para a criação de um diálogo aberto com o seu público, pois permite o uso de uma linguagem mais informal e acessível. O incentivo por trás da criação de um blog corporativo está repleto de dados: empresas que possuem um blog obtêm 55% mais tráfego para seu site, 57% dos negócios conseguiram um cliente por meio de um blog, 46% das buscas diariamente são sobre informações de serviços ou produtos.

 

Como você faz para chamar a atenção dos leitores de seu blog? 

 

Esse é um dos grandes desafios das empresas que desejam ter um blog de sucesso. Afinal, com tanto conteúdo disponível na internet, é muito fácil se distrair com outras coisas mais interessante. Por isso, não basta ter um blog atualizado – o conteúdo para blog precisa ser de qualidade, relevante, que atraia o público.

Mas sabemos que essa não é uma tarefa fácil. Às vezes a criatividade vai embora bem na hora de pensar sobre o que escrever e pode ser um pouco difícil saber o que é interessante para o leitor. Como encontrar bons temas? Será que as pessoas querem saber sobre isso? Como tornar o conteúdo para blog atrativo?

Não existe uma fórmula mágica: a criatividade só chega para quem acompanha tudo o que acontece no mercado e corre atrás do que o público está procurando. Existem diversas estratégias para você conseguir isso: ler muito sobre a sua área, se inserir em grupos de discussão e até perguntar diretamente aos seus clientes quais são os principais interesses deles. Você também pode usar ferramentas da internet que ajudam a fazer isso.

 

Como ter ideias de conteúdo

 

Fique de olho no seu mercado

Conhecer bem o seu mercado e saber que tipo de conteúdo para blog está sendo produzido pelos concorrentes é essencial para que você consiga escrever posts diferenciados. Você precisa acompanhar as novidades da sua área e o que está sendo publicado em outros blogs. Também é interessante saber o que está sendo discutido, quais são as principais questões e tópicos mais “quentes”. Para facilitar essa tarefa, você pode utilizar:

Feedly: o RSS anda meio fora de moda, mas ainda é uma boa forma de seguir os blogs dos seus concorrentes e outras fontes de notícia. Outra opção é assinar as newsletters dos blogs e receber as atualizações por e-mail.

Pocket: nem sempre temos tempo para ler tudo o que recebemos na mesma hora. Use o Pocket para guardar artigos para ler quando você tiver tempo.

Linkedin Groups: participe dos grupos relacionados à sua área para acompanhar as discussões e receber conteúdos diferentes.

 

Google é seu melhor amigo

É no Google que a grande maioria das pessoas faz buscas – e ele ainda oferece várias ferramentas que nos ajudam a descobrir quais são as pesquisas mais feitas. Você pode procurar termos relacionados ao seu negócio para ter algumas ideias dos assuntos que mais interessam nessa área. Veja algumas opções:

Google Suggest: é a forma mais instantânea de obter algumas ideias de conteúdo para blog. A função de autocompletar da barra de busca do Google sugere termos de pesquisa relevantes, que estão sendo procurados por muitas pessoas. Essas sugestões podem se tornar bons temas de conteúdo para o seu blog.

Google Analytics: é importante saber o que os leitores estão buscando dentro do seu site. Use o Google Analytics para descobrir os termos mais procurados e identificar as lacunas de conteúdo do seu blog.

Google Trends: oferece uma lista dos assuntos e termos mais pesquisados por categoria, localidade e data. Também é possível fazer uma comparação de termos para saber qual é mais buscado e relevante.

 

Explore (ainda mais) as palavras-chave

As palavras-chave são a melhor fonte de ideias de conteúdo para blog. Além das ferramentas que já apresentamos acima, ainda é possível fazer uma busca mais completa através do Planejador de Palavras-chave do Google Ads. Explore ao máximo esse recurso, pois ele dá as melhores dicas sobre o que os seus leitores estão buscando e quais coisas estão entre seus interesses.

Além disso, o planejador de palavras-chave ainda pode ajudar você a melhorar a Search Engine Optimization (SEO) do seu site, uma vez que você pode usar as palavras-chave mais procuradas nos seus posts e páginas do seu site (desde que tenham relação com seu conteúdo e seus produtos/serviços) e melhorar seu ranqueamento no mecanismo de busca do Google!

Tenha sempre em mente que o melhor conteúdo para blog é aquele que responde às dúvidas dos leitores. Por isso, se inspirar no que eles procuram na internet é um ótimo começo – você não precisa imaginar quais são os interesses deles. Essas ferramentas sinalizam o caminho para você começar a produzir conteúdos mais relevantes.

SEO: o que é e como utilizá-lo

Como fazer um post com um título atrativo

 

Pense no SEO do conteúdo

Um título atrativo é aquele que otimiza seu posicionamento nos sites de busca. Por isso, a palavra-chave do texto tem de estar no título – e de preferência logo no início. Algumas palavras já são classificadas como as mais buscadas e atrativas para o cliente (você, gratuito, fácil, amor, descoberta, agora, rápido, saúde, simples, oferta, a verdade sobre, última chance, conselho, apresenta, lançado, economizar, incrível, novo, chegou, aprovado, melhor preço, acessível, frete grátis, dicas). Teste-as!

 

Desperte a curiosidade

O título é o primeiro chamariz do seu texto e, se ele não for suficientemente atrativo, possivelmente muitas pessoas sequer se darão o trabalho de seguir a leitura do artigo. Por isso invista nele usando estratégias como perguntas (Não sabe escrever para blog? Nós ajudamos você!), curiosidade (Saiba como escrever bem para o blog da sua empresa), guias (Passo a passo para aprender a escrever para um blog empresarial) e listas (8 dicas de como escrever bem para o blog da sua empresa).

 

Conheça seu público-alvo

A melhor forma de obter sucesso com o seu post ou anúncio é dizer para quem está pesquisando que aquilo é “feito para ele”.

 

Crie chamadas de ação (calls-to-action)

Instigue o cliente a clicar no seu anúncio ou post. Faça com que ele, intuitivamente, vá até a sua página. Para isso, o uso de algumas chamadas de ação – as calls-to-action (CTA) -, podem funcionar. Alguns exemplos: clique aqui; acesse o site; confira a promoção.

 

Seja cuidadoso ao redirecionar seu post

Não adianta gerar um título atrativo se o conteúdo não estiver associado. Se o post for sobre a promoção do produto X, a página de destino precisa ser sobre esse produto.

 

Pense no tamanho do seu título

Não exagere no tamanho do título. Às vezes, três palavras têm mais efeito do que uma frase de uma ou duas linhas. Em redes sociais, como o Facebook, títulos de até 80 caracteres conseguem gerar uma taxa de clique de até 66%. Em sites ou blogs, o ideal é não ultrapassar 60 caracteres, pois o Google corta o título na busca se ele for muito grande. Para o Google Ads, trabalha-se com até 25 caracteres.

 

Sem conteúdo, não há títulos

Não adianta ter título atrativo se o conteúdo não trouxer informações relevantes para o cliente. É preciso que o texto segure o leitor, mantenha-o em sua página e, principalmente, ofereça todas as informações possíveis sobre aquele produto ou serviço, para que o cliente não se sinta insatisfeito e vá atrás do concorrente.

 

Como escrever um post de sucesso para o blog da sua empresa

 

Conteúdo, conteúdo, conteúdo

Esse é o momento de pensar no seu público. Ele quer um conteúdo relevante, aprofundado e útil.

Para decidir o tema, tenha em mente as dúvidas que os seus clientes ou possíveis clientes têm. O que eles estariam procurando na internet e de que maneira? Uma boa dica é procurar por temas que são mais duradouros, o que possibilita um retorno a longo prazo sem ter de refazer o seu trabalho.

Para buscar temas interessantes para a sua persona, pesquise palavras-chave, blogs de concorrentes, formadores de opinião na área e temas do mercado que afetam sua empresa.

 

Para qual estágio da jornada de compra você está falando?

Um texto para um blog é algo que inicia uma conversa com o público. E, por isso, é interessante estar em sintonia com o que essas pessoas desejam naquele momento. Dentro do seu público-alvo, para quem você está escrevendo esse post? Em que estágio da jornada de compra ele está?

Perceber se ele está mais próximo da fase de buscar informações ou se ele já é cliente e está se fidelizando auxilia na escolha do tom do texto, no foco e até na escolha das palavras-chave.

 

Organize suas ideias

Organize o conteúdo que vai entrar no texto. Liste os temas que serão abordados e divida-os para criar introdução, desenvolvimento e conclusão do seu artigo. Não cometa o erro de simplesmente escrever e não fazer essa classificação, pois poderá colocar assuntos mais introdutórios no final do post, questões complexas no início e confundir – em vez de ensinar – o seu leitor.

 

Crie uma introdução atrativa para seu post

O início de um artigo é um ponto-chave para que seus visitantes leiam o seu texto por completo: se ele for bom, eles seguirão a leitura; mas, se não for atrativo, eles nem pensarão duas vezes antes de fechar a aba do post. Segundo o site Escola Freelancer, um primeiro parágrafo ruim pode afastar cerca de 80% dos leitores.

Então, se você quer saber como escrever bem para o blog da sua empresa, que tal usar algumas estratégias para atrair a atenção do leitor? Um exemplo é começar o texto com uma pergunta que faça o leitor refletir (como fizemos neste post) ou desperte sua curiosidade, uma frase de efeito ou uma história, comparação ou metáfora que se refira ao assunto que será tratado no texto. Mas nada de enrolação: logo no início mostre ao público a que veio e deixe clara a intenção da sua frase ou da história para falar sobre aquele tema.

 

Divida seu texto e facilite a leitura

Um conteúdo denso não precisa necessariamente vir em forma de textão. A leitura de um blog é mais dinâmica do que a de um artigo acadêmico, livro ou revista, então tente ser o mais direto possível na hora de formar as sentenças do texto, escrevendo frases curtas, de até cinco linhas. É claro que há exceções, e de vez em quando é necessário que a passagem seja mais longa, mas não faça disso uma regra. Lembre-se de que cada vez mais o mobile está dominando como fonte de entrada na internet e textões não são atrativos nesta plataforma.

Pense que seu público pode ser assim como você: com pouco tempo para gastar. Dividir seu texto em subtemas, seja por meio de listas, tópicos, marcadores, subtítulos faz com que quem está lendo consiga ‘escanear’ o artigo mais rapidamente e saber exatamente do que se trata.

 

Use meios de ligar as frases e parágrafos

Para tornar o texto mais amarrado, lance mão de algumas maneiras de conectar suas frases e parágrafos, como palavras de transição – mas, porém, contudo, então, senão, e, ou, para, se, assim, por isso etc. Vale também falar sobre alguma coisa ou fazer alguma referência e retomá-la mais adiante no texto.

 

Utilize repetições com cuidado: siga a regra do três

Repetições podem ajudar você a escrever bem para o blog, mas use-as com cautela: é bom reproduzir algumas palavras um determinado número de vezes, principalmente a palavra-chave do post, mas fazer isso demais pode significar a perda de muitos leitores, que poderão se irritar. O correto é utilizar algumas palavras para criar padrões no texto e criar um ritmo na leitura.

Para isso, siga a regra do três, citada por Henrique Carvalho no Viver de Blog e pelo Escola Freelancer: cada vez que quiser enfatizar ou listar algo, faça em três vezes. Por exemplo: “O marketing digital ajuda sua empresa e melhorar o relacionamento com os clientes, expandir sua marca na internet e aumentar suas vendas”. Perceba que listamos três vantagens do marketing digital na frase anterior. Essa regra pode ajudar você a encontrar o equilíbrio para repetições e listagens.

 

Escolha a palavra-chave certa

Na hora de escrever um post de sucesso para o seu blog corporativo, escolher uma boa palavra-chave pode fazer a diferença entre você ter um bom posicionamento nas ferramentas de busca ou não.

Ela tem que resumir sobre o que o post ou a página tratam, para que o Google faça uma boa leitura do conteúdo. É importante que ela esteja em consonância com o momento de compra de quem está lendo o texto e que seja relevante para o seu público-alvo. É com esse termo que a persona irá buscar esse conteúdo?

 

Pense em conteúdo continuado

Uma boa maneira de fazer com que alguém volte para o seu site é deixá-lo curioso. Escrever um post que chame para uma continuação – mas ainda seja independente – é uma solução fácil para isso.

Por exemplo: aqui no site da Tekoa podemos fazer um post continuado sobre “Como alavancar as visualizações de seu blog” e dividirmos ele em três partes: escolha do conteúdo, redação e divulgação. Dessa maneira uma pessoa que quer aprender a alavancar as visualizações terá que voltar para conferir as outras dicas, mas terá um conteúdo completo independente se só vir uma das postagens.

 

Atenção ao título

Você sabia que 80% dos visitantes de um blog irão ler o título de um post, mas apenas 20% deles irão seguir pelo texto? Isso mostra um pouco a importância de escolher um bom título que engaje e faça com que os visitantes sigam a leitura. O título tem que ser chamativo e que instigue quem está vendo. Pense: você tem apenas alguns segundos (e palavras) para convencer uma pessoa que ela deveria gastar alguns minutos com você.

 

Acrescente imagens

Imagens chamam atenção dos leitores e ajudam a quebrar a cara de “textão”. Elas também são importantes para o Google, que verifica as palavras-chave associadas a uma imagem na hora da indexação.

 

Otimize seu texto

Você quer que seu texto seja encontrado pelas ferramentas de busca, certo? Sempre que for escrever um post para o blog crie um checklist de otimização: o conteúdo é relevante? A palavra-chave do texto foi bem escolhida e está bem posicionada? Meu título contém a palavra-chave e é chamativo para os leitores? Tenho algum link de uma página interna ou até externa para agregar ao meu post? Alguma foto pode ilustrar esse conteúdo?

Tudo isso irá melhorar seu post aos olhos das ferramentas de busca e torná-lo cada vez melhor posicionado. Esse é um bom resumo de como escrever um post de sucesso para o blog de sua empresa.

 

Não esqueça da ortografia e da gramática

Depois de todo esse cuidado para escrever o post do blog, você não vai botar tudo a perder por causa de erros de ortografia e gramática, certo? Então revise seu texto com cuidado, de preferência não no mesmo dia em que foi escrito. Assim, a chance de detectar erros é maior. Além disso, sempre que possível peça para alguém ler seu artigo e procurar falhas gramaticais. É sempre mais fácil achar erros nos trabalhos dos outros do que no nosso, não é mesmo?

Por fim, lembre-se de que a produção de conteúdo é a alma do marketing digital e pode ajudar muito a sua empresa. Por isso, invista em seu blog e melhore-o cada vez mais escrevendo textos de qualidade.

 

Divulgue

De nada adianta escrever um conteúdo super relevante e atrativo e esperar que os mecanismos de busca façam todo o trabalho sozinho. Você quer que ele seja lido, certo? Então as pessoas têm que saber que ele existe.

Pense em divulgar o conteúdo em newsletters, redes sociais da empresa, página inicial do site, em grupos relacionados ao tema do seu post. Você também pode impulsioná-lo no Google através de anúncios.

 

Não tenha dúvida: se você seguir essas técnicas, pode ter certeza de que já estará dando um enorme passo em direção a mais cliques, leads e vendas.

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos