E-mail marketing: converta e fidelize clientes

|

E-mail marketing: converta e fidelize clientes

E-mail marketing é o uso do e-mail como ferramenta de marketing direto, possibilitando que uma empresa ou marca atinja mais clientes através de seu disparo. As empresas costumam usar e-mail marketing e atrair clientes tanto divulgando produtos e serviços quanto oferecendo informações úteis sobre tais produtos e serviços ao mercado, estreitando a relação com clientes e leads.

Mas para conseguir usar e-mail marketing e atrair clientes, é preciso saber como fazer um e-mail marketing, como explica nosso “Guia prático do e-mail marketing“.

 

7 motivos para usar e-mail marketing e atrair clientes

 

O e-mail marketing é uma forma de comunicação dirigida e com possibilidade de personalização. Pode oferecer alta taxa de retorno e mecanismos para mensurar as investidas de uma empresa ou marca. Abaixo, listamos 7 motivos para você usar e-mail marketing e atrair clientes:

 

1 – Visibilidade

O e-mail é a forma oficial de validação de compras, troca de senhas etc., e por isso é acessado frequentemente pelo usuário. Isso significa que, se uma pessoa se conecta à internet, a possibilidade de checar seus e-mails é alta, tornando-se um ótimo negócio ter sua marca divulgada num lugar em que o cliente certamente olhará.

 

2 – Segmentação

Quando alguém se cadastra para receber seus e-mails, é possível pedir informações adicionais para mandar materiais segmentados por grupos de idade, localidade ou grupos de interesse.

 

3 – Interatividade

Apenas com o clique num link na mensagem de e-mail marketing, as pessoas podem visitar seu site, responder seu e-mail ou solicitar o descadastramento (OPT-OUT).

 

4 – Agilidade

Atualmente, é possível enviar milhares de e-mails em questão de segundos, e é fácil mensurar o resultado de uma campanha de e-mail marketing, usando, por exemplo, links e parâmetros exclusivos nas mensagens por e-mail.

 

5 – Relação custo/benefício

O custo para enviar e receber e-mails é baixo, e o retorno de uma campanha de e-mail marketing pode ser muito grande, pois se cria uma relação de credibilidade com o cliente.

 

6 – Proatividade

Ao invés de esperar pelo interesse do cliente, a empresa pode encontrá-lo. Com uma boa estratégia de envios e conteúdos, você poderá impactar pessoas que não lembravam mais da sua empresa e até convertê-los em vendas.

 

7 – Personalização/customização

A mensagem pode ser personalizada com informações do cliente. Mas é preciso usar essas dicas de como fazer e-mail marketing a seu favor: por exemplo, nada de lotar a caixa de e-mails de seus clientes e leads. Nesse sentido, as opções de customização de conteúdo são muito importantes: nem sempre o usuário quer cancelar o serviço; às vezes deseja apenas customizar assuntos ou diminuir a frequência dos e-mails. Se você não oferecer essa possibilidade, pode ir parar na caixa de spam (mensagens indesejadas) e nunca mais ser lido.

 

E-mail marketing X spam

 

Apesar de muitas vezes ser confundido com spam, o e-mail marketing, diferentemente do spam, tem como característica essencial o consentimento do cliente (OPT-IN).

O e-mail marketing também se diferencia do spam por permitir que o destinatário pare de receber os e-mails a qualquer momento. Por isso, saber como fazer e como usar e-mail marketing e atrair clientes é fundamental para evitar que ele seja classificado como conteúdo indesejado.

 

A importância das newsletters na sua estratégia de marketing

 

Se você trabalha com marketing digital (ou mesmo se não trabalha diretamente) deve saber a importância que a comunicação direta representa para a manutenção do relacionamento com os clientes.

Dentro de todo esse ecossistema comunicacional existem diversas ferramentas e uma delas é a newsletter que nada mais são do que informativos digitais usados para diferentes finalidades.

Por isso, trouxemos algumas dicas e informações relevantes para você entender melhor sobre essa ferramenta e como ela pode ajudar as empresas em seus negócios.

 

Diferenças entre newsletter e e-mail marketing

 

Para começar a nossa conversa, vamos entender um ponto muito importante e que causa dúvidas entre muitos profissionais: qual a diferença entre newsletter e e-mail marketing?!

Para entender as sutis diferenças entre essas duas modalidades precisamos nos pautar primeiramente nos seus objetivos. Basicamente a diferença entre elas está na sua finalidade.

 

E-mail marketing: Essa modalidade é mais usada com fins comerciais e como próprio nome indica, para fins de marketing e vendas.

Geralmente é usado de maneira mais incisiva e por meio de ações promocionais com o intuito de promover mais vendas ou divulgação de produtos e serviços.

 

Newsletter: Já a newsletter também pode ser considerada um tipo de e-mail marketing, porém suas finalidades são mais específicas no que se refere a informações e periodicidade.

As newsletters são mais usadas para manter uma relação com o público em longo prazo, mantendo contatos periódicos com finalidades de branding e cunho informacional.

O envio de newsletters ou e-mail marketing através de uma conta de e-mail personalizada, que remeta ao seu negócio, dá mais credibilidade ao seu conteúdo e consequentemente o seu e-mail terá mais chances de ser aberto. É possível adquirir contas de e-mail personalizadas através de uma plataforma de hospedagem de sites, existem algumas empresas que inclusive oferecem contas de e-mail ilimitadas em seus planos.

 

Os 5 principais tipos de newsletter

 

Logo abaixo vamos ver quais são as aplicações mais comuns das newsletters e como elas podem ser usadas nas estratégias de marketing.

 

Editoriais

Assim como nos veículos impressos, os editoriais geralmente são comunicados feitos pelos fundadores ou CEO’s das empresas com intuito de apresentar um posicionamento ou opinião de um grupo.

Assim como nas revistas e nos jornais impressos, um editorial serve para apresentar uma opinião sobre um fato que ocorreu ou ocorre, podendo ter um viés mercadológico ou não.

 

Notícias

As newsletters com notícias são utilizadas em ocasiões ou eventos importantes de uma marca, assim como também podem ser muito similares aos editoriais.

Porém, diferentes dos editoriais, apresentam fatos ou informações concretas sobre um determinado assunto e são mais pontuais.

 

Novidades

As novidades ou “news” (como também são conhecidas) são notícias em primeira mão ou algum fato inusitado sobre a empresa ou sobre o mercado de atuação.

Sua periodicidade não é muito definida, pois depende dos acontecimentos e fatos sociais, como mudanças legislativas, econômicas ou mercadológicas. Empresas de hospedagem de sites usam esse tipo de newsletter com frequência, para avisar clientes sobre promoções em produtos, novidades e upgrades dentro dos servidores, além de manter contato para saber do que o cliente está precisando e lembrá-los de que a empresa está ali para tirar qualquer tipo de dúvida.

 

Institucionais

As newsletters institucionais abordam assuntos ligados ao desenvolvimento da empresa ou da marca, podendo apresentar informações ou notícias pertinentes somente da empresa.

Além disso, também podem ser abordadas informações sobre setores internos da empresa ou da sua equipe de profissionais, porém sempre com viés institucional.

 

Destaques ou Resumos

Nessa modalidade, as newsletters apresentam resumos gerais de vários tipos de informações, podem ser um “mix” de tudo que aconteceu num determinado período.

Os resumos ou destaques podem apresentar notícias, editoriais ou informações institucionais. Tudo em um único e-mail para deixar o cliente ou usuário informado sobre os acontecimentos mais importantes da empresa.

 

Por que as newsletters são importantes no marketing digital?

 

A informação e o conteúdo são peças fundamentais nas estratégias de marketing digital, e para deixar os clientes sempre engajados e “ligados” à empresa.

Se você ainda está em dúvida sobre a importância das newsletters, logo abaixo listamos alguns dos seus principais benefícios para os negócios.

 

Fortalece a marca

O contato constante com os consumidores e potenciais clientes faz com que a marca se fortaleça cada vez mais, graças à proximidade e relevância que gera no mercado.

Além disso, as newsletters indicam que a empresa está sempre se desenvolvendo e acompanhando as tendências do mercado, o que conta muito na percepção do cliente.

 

Cria relacionamento

O relacionamento é a base de qualquer negócio, e quem não percebe isso acaba ficando para trás. Assim como você, os outros consumidores não farão negócios com uma empresa que não conhece.

Por isso, manter um relacionamento constante com o seu público, é extremamente importante para gerar interesse, seja no seu produto, no seu serviço ou na sua causa.

 

Gera relevância para o usuário

A newsletter cria relacionamento constante e gera o que chamamos de relevância, que nada mais é do que ser útil de alguma forma para os clientes ou usuários.

Essa relevância faz com que os usuários tenham uma percepção diferente da sua empresa ou marca, por meio de informações interessantes e que ajuda na tomada de decisão.

 

Aumenta o share of mind

A presença digital é algo importante para as estratégias de comunicação, e as newsletters representam esse trabalho muito bem!

Estar sempre presente aumenta a participação na mente dos consumidores e usuários, e o envio de newsletters ou e-mail marketing é fundamental para isso.

 

Dicas para aproveitar melhor as newsletters

 

Agora que vimos a importância das newsletters vamos dar algumas dicas e mostrar como é possível aproveitar essa ferramenta da melhor forma possível.

 

Realmente é preciso usar newsletter?

Antes de começar a investir nessa ferramenta é preciso fazer um exercício de reflexão: “realmente é preciso usar newsletters na minha estratégia?”. Se não existir um planejamento adequado e um propósito bem definido, o uso das newsletters pode ser irrelevante para os seus negócios.

Além disso, dependendo do seu público, as newsletters podem não ser eficientes, e com o tempo podem significar mais gastos do que investimento.

 

Newsletter não é e-mail marketing de vendas!

Uma das grandes confusões que ocorre por parte da maioria das empresas e marcas é justamente confundir a newsletter com e-mail marketing de vendas.

Os consumidores e usuários percebem rapidamente quando uma marca está sendo intrusiva e inconveniente. Ao se comprometer com a sua audiência, não tente vender seus produtos ou serviços desesperadamente.

Além de ser extremamente chato, o excesso de mensagens comerciais pode aumentar o número de descadastramento da sua lista de e-mail.

 

As chamadas para ação são fundamentais para o sucesso das newsletters

As chamadas para ação ou os famosos call to action (CTA) são essenciais para o sucesso das newsletters, assim como é feito nos e-mails marketing.

As CTAs devem ser condizentes com cada mensagem e um dos erros cometidos no envio desse tipo de comunicação é justamente o call to action.

Sendo assim, ao criar sua newsletter pense também em como fará para chamar a atenção dos usuários a se interessarem pela sua mensagem.

 

Crie um design clean e inteligível

Para que sua mensagem seja mais receptiva é importante pensar no design da sua newsletter.

Em geral, é indicado evitar textos longos ou muitas imagens para não dispersar a atenção para o que interessa, que é fazer o usuário ir até o seu site.

Outro ponto importante é pensar em layouts responsivos e adaptáveis para dispositivos móveis, tendo em vista que cada vez mais os usuários utilizam smartphones e tablets para acessar a Internet.

 

Conheça bem o seu público e adeque a linguagem

O cuidado com a comunicação é muito importante para que o público se sinta conectado com a empresa e a marca, e isso começa pela forma como a mensagem é transmitida.

Se você atende um público jovem, dificilmente uma newsletter com uma linguagem extremamente formal e rebuscada irá despertar interesse nesse público.

Por outro lado, da mesma forma que uma linguagem muito formal pode não ser interessante, usar um tom muito descontraído também pode não ser uma boa ideia. Por isso, é importante tentar conhecer o máximo o seu público.

 

Teste, perceba e se atualize

Testar é o melhor caminho para analisar se uma mensagem está sendo relevante ou não. Ao longo do tempo é possível perceber quais tipos de newsletters têm maior aceitação e aberturas.

Também é possível perceber quais assuntos os usuários leem com mais frequência e quais assuntos das newsletters o público mais se identifica.

Por isso, sempre que possível analise os resultados das suas campanhas e promova mudanças sempre que necessário para aproveitar ainda mais essa ferramenta.

 

Conclusão

 

O e-mail marketing é uma grande ferramenta de comunicação e a sua abrangência, como vimos, pode ser aproveitada para diversas finalidades.

Antes de apostar nele tenha claro o que sua marca ou empresa pretende transmitir para não acabar perdendo o foco ou, na pior das hipóteses, sendo visto como os famosos spams.

 

As principais ferramentas de bi

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos