Facebook Ads ou Google Adwords: onde é melhor investir?

|

Facebook Ads ou Google Adwords: onde é melhor investir?

O investimento em mídia paga é importante em uma estratégia de marketing digital para a promoção de conteúdo, encontrar novos clientes e aumentar o awareness da sua marca com o seu público. E quando se fala em links patrocinados alguns nomes vem à mente: Google Adwords, Facebooks Ads, Bing Ads, Instagram Ads, Pinterest Ads etc.

Destes, o Facebook Ads e o Google Ads se destacam. O Google Ads é a plataforma de publicidade da maior ferramenta de busca da internet e o Facebook é a rede social com o maior número de usuários. Não por acaso esses dois são os campeões em investimentos quando se fala em mídia paga.

Mas qual é a melhor plataforma para fazer publicidade? Facebook Ads ou Google Adwords?

O Facebook Ads

A rede social de Mark Zuckerberg tem a incrível marca de 1 bilhão de usuários a acessando diariamente. Já no Brasil, levantamentos da própria empresa apontam que mais da metade da população está conectada ao Facebook. Só esses números já mostram um pouco da capacidade da rede e do fato de que estar presente nela é imperativo para todas as empresas.

A publicidade no Facebook Ads acontece através da promoção de posts ou fanpages e criação de campanhas – desde mais simples até histórias patrocinadas. A plataforma é simples e permite que até quem não tem experiência com links patrocinados consiga fazer uma campanha eficiente.

O grande diferencial de anunciar no Facebook é a possibilidade de segmentação bastante avançada. A plataforma Facebook For Business permite que você selecione idade, gênero, profissão, poder aquisitivo e até características ainda mais diferentes como “com filhos pequenos”, “próximo de se casar”, “gosta de séries de TV”. Isso é possível porque o Facebook tem uma parceria com a Serasa Experian, que permite fazer esse escaneamento.

Quando você faz uma campanha no Facebook, os seus anúncios aparecem para os seguidores da sua página e também para pessoas que demonstraram afinidade pelas características que você assinalou – o que aumenta consideravelmente o público que é impactado pela campanha.

O “problema” é que as pessoas normalmente não estão buscando produtos ou serviços ao entrarem no Facebook, o que acaba fazendo com que as taxas de conversão das campanhas não sejam tão altas. Os links patrocinados nesta rede são mais utilizados para aumentar o reconhecimento da marca, ganhar confiança, melhorar o engajamento e promover conteúdo.

Em resumo, o Facebook Ads trabalha mais com o momento de descoberta (tanto de um problema quanto de uma empresa) e instigando os usuários a conhecer mais sobre alguma coisa.

O Google Adwords

Diferente do Facebook Ads, o Google Adwords é mais eficiente para pessoas que estão em estágios mais avançados na jornada de compras. Isso porque essa pessoa teve de buscar ativamente algum produto ou serviço para encontrar o seu anúncio. Ao digitar “Deliverys in Florianópolis”, por exemplo, ela encontrou a campanha da sua rede de hambúrgueres que entrega em domicílio. Dependendo da campanha que você faz dentro do Google Adwords você consegue levar um tráfego mais qualificado para dentro do seu site.

A gigante da tecnologia é o ponto inicial de buscas para cerca de três bilhões de pessoas pelo mundo, o que dá uma dimensão da capacidade de alcance de uma publicidade nela. No Google Adwords é possível fazer quatro tipos de campanha:

  • Rede de pesquisa: quando um anúncio de texto aparece antes dos resultados de busca orgânica. O Google utiliza palavras-chave para juntar as pesquisas feitas pelas pessoas e os anúncios divulgados na plataforma.
  • Rede de display: anúncios de texto, vídeo ou imagem que aparecem em milhares de sites parceiros do Google. Ao anunciar, você segmenta por interesse e seu anúncio irá aparecer nas páginas de conteúdos semelhantes ao que você indicou.
  • Campanha de vídeo: você pode anunciar por meio de vídeos em sites parceiros do Google – como o Youtube.
  • Google Shopping: é a forma de anúncio que parece um catálogo de comparação de produtos. Os e-commerces inserem na plataforma seus produtos para serem anunciados e quando o usuário faz uma busca por algo semelhante, os produtos de várias lojas aparecem um ao lado do outro com comparação de preços e modelos.
  • Campanhas universais para apps: as campanhas universais para apps facilitam a promoção dos seus aplicativos para Android ou iOS nos principais Serviços do Google – incluindo a Pesquisa, o Google Play, o YouTube e a Rede de Display do Google. Você terá de adicionar algumas linhas de texto, um lance e criativos opcionais. O restante é otimizado para que os usuários encontrem seu produto.

O “problema” é que o Adwords não tem uma plataforma muito simples e quem está começando no mundo dos links patrocinados pode se perder um pouco até conseguir fazer uma campanha realmente eficiente. Além disso, as possibilidades de segmentação oferecidas pelo Google não são tão boas. Elas são restritas à localização, idade e gênero – essas últimas apenas se as pessoas estiverem logadas em suas contas do Gmail.

Em resumo, os anúncios no Google Adwords, apesar de mais difíceis de configurar, têm taxas de resposta mais elevadas porque costumam ser encontrados por usuários “mais prontos para a compra”.

É melhor investir em Facebook Ads ou Google Adwords?

Em um cenário ideal, é interessante investir nas duas plataformas, uma vez que elas trabalham de forma complementar, não excludente. Enquanto o Facebook irá gerar uma nova demanda para o seu site e criar mais reconhecimento para a sua marca, o Google Adwords poderá atuar para captar a demanda já existente e melhorar o rendimento da sua empresa.

A quantidade de orçamento destinada à cada uma das mídias depende estritamente da sua empresa. É necessário alinhar quais as prioridades do seu negócio (se mais voltado para branding e autoridade de marca ou mais voltado para vendas) e balancear.

 

cta-e-book-web-analytics-na-pratica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos