O que é persona e como criar uma para segmentar o público da sua empresa

|

O que é persona e como criar uma para segmentar o público da sua empresa

A identificação e segmentação do público tem se mostrado uma ferramenta poderosa no mundo dos negócios. Com informações mais assertivas em mãos é possível compreender não só a necessidade de desenvolvimento de novos produtos, mas também orientar a produção de conteúdo – base das estratégias de inbound marketing.
Para isso, a criação de personas é uma aliada fundamental. O designer americano Alan Cooper foi o pioneiro na utilização desta técnica para ter esse insights das necessidades reais dos clientes e potenciais clientes e aplicá-las na criação de produtos de desejo. Mas afinal, você sabe o que é persona?

O que é persona

Persona é uma representação humanizada e personalizada do seu cliente ideal. Além de características básicas também são descritos gostos, vontades, anseios e desafios.
Muitas pessoas falam erroneamente que as personas são sinônimos de público-alvo. Mas existe uma diferença crucial entre os dois: o público-alvo é uma parcela abrangente da sociedade para quem você vende seu produto. É alguém sem rosto. Já a persona é mais definida, mais humanizada.
Para ficar mais claro, vamos a um exemplo prático de público-alvo de uma empresa de viagens: homens e mulheres de 21 a 35 anos, com renda mensal entre R$ 3 mil e R$ 5 mil. Quer uma opção de viagem mais em conta para destinos mais jovens. Já uma persona seria: Aline, 26 anos, solteira e arquiteta. Interessada em viagens, gastronomia e fotografia. Usa assiduamente as redes sociais para conhecer novas pessoas e marcar eventos. Quer viajar para algum país diferente no próximo ano, mas ainda não decidiu qual. Tem receio de viajar sozinha.

Como criar personas?

As personas são definidas de acordo com suas “dores”, ou seja, necessidades que a levariam a se relacionar com a sua empresa. Uma vez que esses anseios podem ser múltiplos, um negócio pode ter mais de uma persona. Mas é importante tentar ter o mínimo possível, afinal, muitas informações tendem a deixar as coisas mais confusas do que facilitar.
Essas representações são criadas a partir de dados concretos, não suposições. Se você já tem uma empresa funcionando, entreviste alguns clientes da sua base e perceba comportamentos e anseios padrão entre eles. Você pode avaliar os clientes que mais obtêm sucesso com o seu produto/serviço e incorpore algumas dessas informações nas suas personas. Mas não deixe de fora os insatisfeitos, eles ajudarão você a identificar melhor quem seria ideal para o seu produto.
Se ainda está montando um negócio, faça um trabalho de benchmarketing e analise com o maior número de dados possível quem é o seu cliente ideal. Quem se encaixaria mais nos produtos que você oferece e conseguiria tirar mais valor dessa situação.
Para facilitar, separamos algumas perguntas que devem ser respondidas antes da criação de uma persona. Além de informações básicas como idade, estado civil, profissão e dores, é importante buscar informações mais voltadas para a personalidade deles:

  • Que tipo de informações essa persona consome?
  • Onde ela vai para se informar?
  • Quais atividades ela realiza tanto pessoalmente quanto profissionalmente?
  • Qual é a rotina dela?
  • Quais são os seus hobbys?
  • Quem influencia suas decisões?
  • Qual o nível de instrução dela?
  • Em qual necessidade dela a sua empresa pode atuar?
  • Que tipo de serviço ela espera de uma empresa como a sua?
  • Se for uma empresa B2B, pense em qual cargo tem mais poder de adquirir a sua solução e qual é o tamanho ideal dela?

A criação de uma persona será essencial para todos os outros estágios de uma estratégia de marketing digital bem-sucedida. Ela capacitará que você consiga enviar a mensagem certa no momento certo para seu cliente ideal.
Por isso será a base para o mapeamento dos conteúdos, do tom dos posts e materiais que você irá produzir, da criação da jornada de compra, das mídias em que essa comunicação será mais efetiva e segmentação de campanhas de Adwords e Facebook.
Por isso, muitas empresas fazem uma representação gráfica dessa persona com foto e alguns objetos pessoais que ajudam a dar uma ambientação de suas vontades e necessidades.
O importante é sempre ter a persona em mente antes de produzir um conteúdo. Sempre avalie se “Será que a Aline iria se interessar por esse conteúdo? Por qual angulação ela iria tirar mais proveito dessa informação?” e mãos à obra!
 
cta-e-book-marketing-digital-o-passo-a-passo-para-iniciantes

1 comentário

  1. Oh my goodness! an incredible article dude. Thank you However I’m expeirencing difficulty with ur rss . Don’t know why Unable to subscribe to it. Is there anybody getting similar rss problem? Anybody who knows kindly respond. Thnkx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos