Retenção de alunos: 8 estratégias efetivas para fidelizar estudantes

|

Retenção de alunos: 8 estratégias efetivas para fidelizar estudantes

Não sabe como aumentar a taxa de retenção de alunos e diminuir o churn da sua universidade? Calma, porque você está no lugar certo e esse texto vai te ajudar nesse desafio! 

Sem dúvidas, converter estudantes é um processo difícil, mas os seus esforços podem render muito mais se você não se esquecer de um fator importante após a matrícula: a retenção. Lembre-se: reter alunos é um aspecto essencial dos seus negócios

Dados da Marketing Wizdom indicam que cerca de 20% dos clientes de médias empresas são perdidos anualmente devido à falta de relacionamento e acompanhamento.

Considerando que os clientes fiéis têm mais chances de comprar novamente produtos e serviços, obviamente, eles são extremamente importantes para a sua meta financeira e a reputação da sua universidade.

SAIBA MAIS: O que é customer experience e como isso pode impulsionar o seu negócio.

Embora fidelizar estudantes pareça um processo difícil, você sabia que é possível desenvolver planos acionáveis para melhorar as taxas de retenção de alunos? Para aumentar a sua taxa e retenção de alunos, é necessário observar sinais e criar uma experiência customizada para identificar e apoiar os alunos com risco de desistência.

Por isso, construir um sistema poderoso é essencial para reter estudantes, auxiliar os alunos a progredir na graduação e também aumentar os seus lucros. Para superar esse problema, confira as dicas de hoje!

 

Principais motivos de desistência de estudantes

 

Antes de conhecer as estratégias para fidelizar estudantes, é preciso entender as taxas de retenção de alunos que estão em declínio e por que os alunos estão optando por deixar a universidade.

De acordo com um artigo publicado pelo Oakton Community College, apenas 20% a 30% dos estudantes desistem da faculdade por causa de dificuldades acadêmicas. Os outros 70 a 80% desistem por outros fatores, como:

  • Custo: estudantes sem assistência financeira ou auxílio familiar costumam desistir da faculdade por problemas financeiros e dificuldades de enxergar os estudos como investimento.
  • Isolamento: muitos estudantes encontram dificuldades em procurar os membros do corpo docente ou a coordenação para obter ajuda com o curso, o que resulta em um sentimento de isolamento em seus estudos.
  • Dificuldades sociais: alguns alunos têm problemas para se integrar a um grupo social ou fazer amigos no ensino superior.
  • Expectativas pouco claras: alguns estudantes acreditam que as expectativas acadêmicas e pessoais na faculdade nunca foram alcançadas, deixando a desejar.

Embora as razões pelas quais os alunos desistam dos estudos sejam diversas, essas quatro são as mais comuns.

Ao entender alguns desses desafios, a sua universidade pode desenvolver programas inovadores e eficientes para aumentar a taxa de retenção de alunos e ajudá-los a obter o tão sonhado diploma. Confira agora as principais soluções para que você diminua o churn de estudantes.

 

 

10 estratégias para aumentar a retenção de alunos

 

1. Ensine aos alunos bons hábitos

 

Muitos estudantes abandonam seus estudos porque não entendem o que é esperado deles ou não estão familiarizados com os recursos que a universidade oferece.

Por esse motivo, é fundamental que as universidades disponibilizem informações em locais de fácil acesso com todos os recursos existentes para os alunos. Isso pode ser feito através do site, e-mail marketing ou newsletter, SMS, palestras ou até mesmo seminários.

Além disso, é preciso garantir que os alunos entendam quais os principais pontos que os mantêm em boa posição acadêmica e em quais atividades e oportunidades eles podem participar para se envolverem mais com a universidade.

 

2. Tenha metas e objetivos

 

É um fato: as universidades que não estabelecem metas têm mais dificuldade em medir o sucesso e em implementar programas eficazes.

Por isso, é fundamental que estabeleçam metas para retenção de alunos e principalmente, caminhos para alcançar esses resultados. Por exemplo, o Hubspot oferece serviços adicionais para os seus clientes, além dos seus produtos principais, como conteúdos ricos, materiais de apoio, cursos online gratuitos, estudos de caso, relatórios e muito mais.

Em sua universidade, você pode testar serviços adicionais como ferramentas gratuitas, coach de carreiras, reforços educacionais, entre outros. Mas lembre-se, você deve testar hipóteses com base nos motivos de desistência para oferecer a melhor solução para cada perfil de aluno.

Tudo isso faz uma grande diferença quando se trata de oferecer aos alunos motivos para permanecer. O que nos leva diretamente à terceira dica!

 

3. Colete dados e principalmente, use-os!

 

Para resolver o problema das baixas taxas de retenção de estudantes, as universidades devem coletar dados sobre a eficácia dos programas implementados, desempenho dos alunos e alocação de recursos.

Após a coleta desses dados, eles podem servir para aprimorar os esforços de retenção de alunos de maneira inteligente, ano após ano. Uma boa maneira de coletar dados é usar um sistema de gerenciamento de alunos.

Falando nisso, aqui na Tekoa ajudamos você com modelos preditivos a partir de análise de dados para entender possíveis motivações dos alunos para o cancelamento de matrícula e para elaborar ações preventivas que evitem a saída da base, reduzindo a taxa de churn.

SAIBA MAIS: Como o Data Analytics pode ajudar na retenção de alunos.

 

4. Desenvolva programas de intervenção

 

Uma das maneiras mais eficientes de melhorar a retenção de alunos é identificar estudantes em risco antes de deixarem a universidade.

Uma ideia é implementar um programa de indicação de estudantes que estão enfrentando problemas acadêmicos, pessoais, financeiros ou sociais, informando-os sobre os recursos da faculdade e os workshops disponíveis que podem ajudá-los a resolver o problema em questão.

 

5. Defina o “sucesso do aluno”

 

Quando uma universidade cria uma visão compartilhada do sucesso do aluno, fica mais fácil para os estudantes identificarem o caminho que devem seguir para atingir essa meta.

Criar uma experiência customizada, ou seja, o Customer Experience, auxilia o processo de entender o perfil, os sentimentos e comportamentos do estudante em todo o seu contexto. A metodologia é aplicada para a criação de personas e entende o comportamento real versus comportamento desejado, buscando uma experiência fluída.

Para definir o “sucesso do estudante” é preciso aplicar entrevistas, pesquisas, fazer observação de campo, criar um mapa de empatia e analisar dados para identificar as dores de cada aluno e, a partir disso, desenhar as jornadas de sucesso, considerando as etapas de marketing, vendas e relacionamento.

Muita coisa? Nós podemos te ajudar! Clique abaixo e converse com um de nossos especialistas:

Quero uma consultoria de Customer Experience

 

6. Combine a força de recursos

 

Algo que você não pode deixar de lado é combinar a força dos recursos que estão disponíveis e que lidam diretamente observando alunos com risco de abandono do curso.

Isso significa combinar o poder dos professores que notam as ausências dos alunos nas aulas com a coordenação, capaz de implementar soluções criativas e especializadas.

Afinal, uma das melhores maneiras de impedir que os alunos desistam da universidade é prevenir que isso aconteça.

Por isso, antes mesmo que eles cheguem ao ponto de desistência, crie pesquisas regulares e acompanhe o desenvolvimento desse aluno. Ao elaborar uma abordagem de retenção de estudantes, as universidades podem ser mais eficazes e os estudantes podem colher os benefícios do apoio.

 

7. Estimule a construção de uma comunidade

 

Isso é muito importante! Os alunos devem sentir que são parte de uma comunidade, dentro e fora da sala de aula.

O papel da universidade é estimular que os alunos possam construir uma rede, evitando assim, o sentimento de isolamento. Um senso de comunidade também pode apoiar hábitos saudáveis ​​de estudo e alto desempenho acadêmico.

 

8. Não esqueça de colocar o estudante no centro da sua estratégia

 

Quando o aluno é colocado no centro das estratégias, não há espaço para receitas prontas ou genéricas. Mas para que isso aconteça, é preciso conhecer o perfil de cada estudante e ter empatia.

Se colocar no lugar de cada estudante, entender sentimentos e comportamentos por meio de pesquisas, observações e entrevistas, fazem parte desse processo. O resultado do esforço será o entendimento de forma individual e a aplicação de estratégias de personalização eficazes, ajudando na retenção de alunos.

Mas como entender e atender aos diversos perfis de estudantes de forma individualizada?

Com a metodologia Customer Centric da Tekoa, o nosso time de Service Design realiza um diagnóstico meticuloso e transforma as informações coletadas de fontes qualitativas e quantitativas do Data Analytics em conhecimento assertivo. Tudo isso possibilita um melhor entendimento do comportamento e perfil dos estudantes, para que a sua universidade possa agir de forma mais estratégica e reter alunos. 

Com dados reais e valiosos em mãos, é possível desvendar o comportamento do consumidor e propor soluções para reter estudantes. 

É por isso que com o aluno no centro das estratégias é possível garantir experiências mais ricas para eles e diminuir o churn da sua universidade.

CONFIRA TAMBÉM: Como automatizar a jornada de compra e melhorar sua performance.


Pronto para aumentar a retenção de alunos na sua universidade?

 

Agora que você descobriu como fidelizar de uma vez por todas os estudantes e diminuir o churn, que tal descobrir o que é o processo end to end: da geração de leads ao relacionamento com o cliente. Clique no link e confira o artigo completo em nosso blog!

 

Quer aprender mais sobre a construção de um sistema de alerta para estudantes em risco de desistência? Nós podemos te ajudar! Conheça mais sobre a Tekoa.

Aproveite para compartilhar com os seus contatos se este post foi útil pra você. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, deixe seu comentário abaixo ou entre em contato com a gente!

Cadastre seu e-mail para receber conteúdos